Pesquisadores do RCGI estudam como produzir plástico sustentável, sem derivados do petróleo

O estudo está sendo realizado por pesquisadores do Instituto de Química de São Carlos (IQSC-USP). “Uma de nossas ideias é aproveitar o bagaço da cana-de-açúcar, que praticamente é jogado fora e usado como combustível para aquecer caldeiras, para criar moléculas orgânicas que vão derivar em um plástico sustentável”, disse Antonio Carlos Bender Burtoloso, professor do IQSC-USP e coordenador do projeto, à Assessoria de Comunicação do RCGI.

 

Fonte: Fapesp